sábado, 3 de dezembro de 2016

Prata da casa' do Bahia, Ananias será sepultado em Salvador

O corpo do meia-atacante da Chapecoense, Ananias, uma das 71 vítimas fatais da queda do voo 2933 da Lamia, na Colômbia, será sepultado em Salvador, na próxima segunda-feira (5). O local ainda não foi informado. O jogador é natural de São Luís do Maranhão, mas será cremado na capital baiana por conta do forte vínculo com a cidade. A mulher e o filho de Ananias residem em Salvador. Revelado nas divisões de base do Bahia, Ananias integrou o elenco que ajudou o Esquadrão na campanha do acesso para a Série A em 2010. A diretoria do time baiano estaria organizando uma homenagem para a prata da casa. O corpo do jogador foi um dos velados neste sábado (3) na Arena Condá, em Santa Catarina. Ananias começou sua história no futebol na Escolinha de Futebol Udinense, localizada no Bairro de Fátima, em São Luís. Por meio de uma peneira, ele conseguiu vaga para o Real Salvador Futebol Clube, time de Salvador, para onde ele se mudou aos 13 anos de idade. Profissionalizou-se em 2008, quando estreou na Série B pelo Bahia. Além de Bahia e Chapecoense, Ananias Elói Castro Monteiro defendeu Portuguesa, Cruzeiro, Palmeiras e Sport. O atleta morreu aos 27 anos. Ao todo, marcou 47 gols na carreira, 9 pelo Bahia. Na Portuguesa, onde ganhou destaque nacional nas temporadas 2011 e 2012, balançou as redes 21 vezes. O jogador Arthur Maia, revelado pelo Vitória, será enterrado em sua terra natal, Maceió. Já o baiano de Xique-Xique, Sérgio Manoel, será sepultado no interior de São Paulo Notícia relacionada:

Jovem morre em troca de tiros com a polícia após manter a namorada em cárcere privado

Um homem identificado como Jânio dos Santos Silva morreu após uma troca de tiros com a polícia na madrugada deste sábado (3), no povoado de Barreira, zona rural do município de Barrocas. Segundo informações da polícia, ele era foragido da Justiça por roubo e latrocínio. Conforme a Polícia Militar, equipes da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) e da 3ª Companhia do 16º Batalhão e da Polícia Civil de Teofilândia foram ao local após receberem denúncia de que o suspeito estaria mantendo sua namorada em cárcere privado e agredindo e ameaçando a jovem, que tem 19 anos. Segundo a PM, ao avistar as viaturas ele atirou contra os policiais, que revidaram. O suspeito foi atingido e socorrido para o hospital da cidade, que se encontrava sem médico de plantão. Ele foi transferido para outra unidade médica em Serrinha, onde foi constatado o óbito. Com o suspeito foi apreendido um revólver calibre 32, com numeração suprimida, com uma munição deflagrada e três picotadas, e outro calibre 38, com numeração suprimida e com seis munições deflagradas, além de uma moto CG Titan, cor vermelha, com placa de Teofilândia. Todo material apreendido foi apresentado na delegacia de Serrinha, onde a ocorrência foi registrada. Fonte: Notícias de Santaluz

SHOW DA BANDA A VINGADORA NO COLISEU DO FORRÓ TERMINA EM TIROTEIO E MORTE

O show da banda Vingadora no espaço Coliseu, em Patamares, na madrugada deste sábado 3 de dezembro terminou com tiroteio. Uma pessoa morreu e outra ficou ferida. De acordo com a Central de Polícia, a confusão começou após uma briga no estabelecimento e um homem sacou uma arma e efetuou os disparos. Um homem de 37 anos, identificado como Marcelo Tosta dos Santos, foi atingido. Ele recebeu atendimento do Serviço Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. O suspeito fugiu em um veículo modelo celta preto sentido Itapuã. Em nota o grupo musical lamentou o ocorrido. “A Banda Vingadora lamenta o tumulto gerado durante apresentação em Salvador quando houve o incidente da madrugada deste sábado (03). A banda estava no palco e foi surpreendida pela confusão. A Banda Vingadora pede que tudo seja devidamente investigado pela polícia e apresenta suas sinceras condolências aos familiares e amigos da vítima”.O espaço Coliseu também se manifestou. “O Coliseu do Forró lamenta o tumulto gerado na madrugada deste sábado e se solidariza com as famílias e pessoas atingidas. Como acontece nos eventos promovidos pelo Coliseu, a noite contava com uma equipe de seguranças monitorando o acesso e antes de entrar na casa todos passaram por revista, seguindo protocolo adequado. Uma pena um show que seguia sem maiores transtornos acabar desta forma. O Coliseu está colaborando com as investigações e espera que a polícia consiga apurar tudo o mais breve possível”.(Com informações IB).

Mãe do goleiro Danilo é aplaudida por torcedores na Arena Condá

Dona Ilaílde, mãe do goleiro Danilo do Chapecoense, andou pelo gramado da Arena Condá, em Chapecó e foi aplaudida por torcedores durante homenagem aos jogadores no estádio, na manhã deste sábado (3). Os torcedores ainda gritaram o nome do atleta. O estádio do Chapecoense receberá velório coletivo.

Jornalistas de 14 países cobrirão velório coletivo da Chapecoense

Cerca de 900 profissionais de imprensa de 14 países se credenciaram para trabalhar na cobertura do velório coletivo das vítimas do acidente aéreo da última terça-feira (29), na Arena Condá, em Chapecó (SC). Além disso, segundo a administração da Chapecoense, outros 800 pedidos de credenciamento foram feitos por e-mail. A cerimônia acontece amanhã de manhã, quando os corpos das vítimas devem chegar a Chapecó. O entorno da Arena Condá, estádio do clube catarinense, está lotado de veículos de imprensa e carros com equipamentos para transmissão de som e imagens. As principais empresas de comunicação de Santa Catarina, com sede em Florianópolis, enviaram os âncoras dos telejornais para transmitirem os programas direto do estádio da Chapecoense. O portão que dá acesso às arquibancadas e ao gramado é compartilhado por jornalistas e moradores da região que vêm até a Arena Condá para prestar homenagens aos integrantes da delegação da Chapecoense que morreram no acidente. Nessa área comum, os profissionais de imprensa coletam boa parte dos depoimentos dos torcedores que são publicados e transmitidos para todo o mundo. Amanhã, durante a cerimônia, os jornalistas terão acesso limitado ao gramado, onde os corpos serão velados. A intenção dos organizadores é permitir aos familiares e amigos das vítimas que tenham a privacidade respeitada. Emoção Desde os primeiros dias após a tragédia, jornalistas de vários países acompanham de perto a comoção e a tristeza que tomou conta da cidade catarinense. Nas entrevistas coletivas, as perguntas dos profissionais brasileiros se intercalam com indagações em vários idiomas, especialmente em espanhol e francês. O correspondente da Televisión Española (TVE) no Rio de Janeiro, Marcos López, manifestou sua emoção de fazer essa cobertura desde quarta-feira. “Eu fui jornalista esportivo durante muito tempo, então essa tragédia me atingiu de uma forma horrível. Durante a homenagem aqui na Arena Condá, na noite de quarta-feira, eu chorei muito enquanto trabalhava”, contou López disse ter ficado impressionado com a relação íntima que existe entre a Chapecoense e os moradores de Chapecó: “Como é uma cidade pequena, eu vi que as pessoas conheciam os jogadores. Não é como em São Paulo ou no Rio, onde os atletas são estrelas inacessíveis. Aqui, eles eram parte da família”. O jornalista apontou a necessidade de tomar cuidado para não aumentar os fatos. “Isso já é uma tragédia. O jornalista não pode ir além disso para fazer sensacionalismo. As imagens falam por si, não se pode ir além disso”, afirmou López.

SSP e Comando Geral da PM garantem policiais nas ruas Sexta, 02 de Dezembro de 2016 - 20:29

Após a Aspra divulgar que prepostos da Polícia Militar não irão as ruas se não possuírem “condições legais” de trabalho e, mesmo assim, não confirmarem greve, a assessoria de Secretaria da Segurança Pública (SSP) enviou nota na qual garante o funcionamento das unidades da PM no Estado e policiais nas ruas, “sem qualquer tipo de alteração”, como diz o texto.
Na nota, o Comando Geral da PM afirma “que todos os equipamentos necessários para a segurança dos profissionais e dos baianos (armamento, coletes balísticos, viaturas, entre outros) são garantidos e utilizados diuturnamente nas ações ostensivas”.
Sobre a alegação das viaturas, a assessoria lembra que em 2016 foram substituídos 1.400 veículos por novos 0 km. 

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Feira de Santana: Operação combate o crime de receptação de celulares roubados em lojas do centro

A partir de investigações da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), que tem o comando do delegado André Ribeiro, o Juiz Vicente Reis Santana Filho, titular da 3ª Vara Criminal de Feira de Santana expediu mandados de busca e apreensão em lojas que comercializam celulares no centro comercial, na manhã desta quinta-feira (1º).
A operação que contou com a participação de cerca de 50 policiais se concentrou na rua dos Contabilistas e no Beco de Miguel das Ervas. De acordo com o Coordenador Regional, delegado João Rodrigo Uzzum, a operação visa desarticular uma rede de receptação de celulares roubados no município de Feira de Santana e combater os assaltos e arrombamentos em lojas devidamente credenciadas junto às operadoras de telefonia.
O delegado informou que quatro pessoas foram detidas e encaminhadas para prestar esclarecimentos na delegacia, centenas de celulares sem nota fiscal foram apreendidas e a polícia encontrou dois revólveres durante a operação; um de calibre 38 e outro de calibre 32.
Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem reprodução.

OPERAÇÃO KARIRI: POLICIAS CIVIS E MILITARES CUMPREM MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO EM IRARÁ

Na manhã desta quinta-feira 1º de dezembro policiais civis da 2ª COORPIN sediada no município de Alagoinhas supriram 12 mandados de buscas e apreensão em algumas localidades da zona rural e também no centro do perímetro urbano de Irará na Bahia.  Esta operação conjunta batizada de Kariri e teve o seu início por volta das 6 horas sendo realizada conjuntamente entre a segunda CORPIN de Alagoinha, as delegacias territorial de Irará,DRFR, DTs de Ouriçangas,Inhabupe, Catu, Aramarí, Entre Rios, Araçás, CATU/DEPIN. policiais militares da 97ª Companhia Independente da Militar,Rondesp/Leste CETO do 4º BPM,guarnições do PETO, e Ordinária de Irará e Soint (Seção  de Operações de Inteligencia). 

De acordo com informações para o blog Clóvis Gonçalves de Irar de Irará os respectivos mandados foram expedidos pelo juiz da vara de crime comarca de Irará. Esta ação tem como objeto combater a criminalidade e também o dos índice trafico de substâncias entorpecentes. Esta operação teve como resultado dois autos de prisão em flagrante por trafico de entorpecentes,  dois termo de circunstanciados, foram também aprendidas 226 buchas de maconha, 45 contendo cocaína, 55 balinhas de crack em volto a papel alumínio prontos para a comercializar,dois celulares, balança de precisão, relógio um narguilé e a quantia de R$ !.353,20 e duas espingardas. 

Os cinco acusados conduzidos resultado em duas prisões em flagrante e instauração de inquérito policial regular. As identidades dos conduzidos não foram divulgados. Os flagranteados foram levados por uma equipe de policiais civis da DT/Irará para o DPT em Feira de Santana para serem submetidos a exames de corpo de delito.(Informaçoes DT/Irará)

terça-feira, 29 de novembro de 2016

PM se reúne no domingo e greve não está descartada


Os policiais militares voltam a se reunir na próxima sexta-feira (2) para discutir as medidas a serem adotadas diante do que acreditam ser a interrupção das negociações com o governo estadual. Há uma possiblidade de greve. Este indicativo havia sido descartado no ato realizado em 18 de novembro. Na ocasião, o recado foi dado no sentido de que era necessário reabrir o diálogo.
A categoria reivindica reajuste salarial de 2016, volta do financiamento da Conder e cumprimento do acordo firmado em 2014 com a categoria. O cumprimento do acordo e pagamento da gap 4 e 5 a todos policiais de forma automática foi autorizada nesta sexta pelo governador Rui Costa. O ponto fazia parte da pauta dos policiais.

Entre eles a regulamentação do artigo 92, no qual consta o pagamento do adicional de periculosidade e do auxílio transporte; plano de carreira dos praças, reajuste do auxílio alimentação, aprovação do código de ética, anistia dos policiais que participaram do movimento reivindicatório em 2012 e 2014, cumprimento da lei de anistia federal aprovada pelo congresso e aprovação da reforma do estatuto da PM que está na casa civil do governo

Avião da Chapecoense se chocou contra morro de 200 metros de altura


Um dos bombeiros que participaram do resgate ao avião que caiu com a delegação da Chapecoense perto de Medellín, na Colômbia, relatou o cenário de destroços que encontrou ao chegar, ainda durante a madrugada, para fazer o trabalho de resgate e de busca a sobreviventes. Misael Cadavid, do Corpo de Bombeiros da cidade de Itaqüi, contou ao jornal "El Tiempo", da Colômbia, que o avião caiu numa área de montanhas, o que dificultou o resgate.
 
A forte neblina e a chuva durante a madrugada, que podem ter contribuído para o acidente, também atrapalharam o trabalho de resgate. Cadavid contou que os bombeiros caminharam por cerca de meia hora para conseguir chegar ao local onde o avião caiu. Ele estava na primeira equipe de socorristas que chegou ao local, duas horas após a queda.
 
No acidente morreram mais de 70 pessoas, entre jogadores, dirigentes, integrantes de comissão técnico, tripulantes e jornalistas. Há seis sobreviventes, internados em hospital colombiano.
 
Segundo Cadavid, o avião ficou totalmente desintegrado, com a fuselagem espalhada por uma área de cerca de 100 metros de diâmetro.
 
"Realmente as possibilidades de sobreviver são difíceis. Permanecemos duas horas e meia nas manobras de busca, e depois parte da equipe de busca permaneceu no local. Tivemos de caminhar quase meia hora em meio a um terreno agreste, com uma subida de quase 80 graus, para depois fazer uma descida de 500 metros", afirmou Cadavid ao jornal "El Tiempo".
 
Ele deu detalhes da área onde o avião caiu: "o avião impactou contra um morro de quase 200 metros de altura. Uma parte do avião ficou num terreno instável, o que dificultou os trabalhos".
 

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

IRARÁ-BA: HOMEM É ENCONTRADO ASSASSINADO NO QUINTAL DE CASA COM UMA PEDRA5

A comunidade do Loteamento Porteira localizada no município de Irará a 138 KM da capital baiana ficou  estupefata com a tamanha  violência seguida com o absoluto requinte de crueldade e porque não dizer muita perversidade. Na tarde desta segunda-feira 28 de novembro a população residente no Loteamento Porteira tomou conhecimento do assassinato de Cássio Sacramento Santos, 39 anos que foi encontrado morto no quintal da sua residência na Rua Adélia Freitas sem número no Loteamento Porteira perímetro urbano do município de Irará.
A vitima foi descoberta por volta das 13h20min um garoto de apenas 9 anos que foi tirar caju quando observou mesmo a distancia que o corpo de Cássio estava sob o solo, a principio foi ventilada a possibilidade da vítima esta embriagada, quando a genitora da criança verificou que o homem estava morto e que em próximo da sua cabeça havia uma pedra e uma pá.  Policiais da 97ª Companhia Independente da Polícia Militar com sede em Irará e também os policiais civis da delegacia territorial de Irará foram informado por populares sobre o achado. 

De acordo relatos de populares para a reportagem do blog Clóvis Gonçalves de Irará a vitima foi vista na noite anterior por volta das 22h10min dirigindo-se para casa sem o seu violão que costumeiramente lhe acompanhava, ainda segundo populares o portão da casa da vitima estava aberto presumindo que isso tenha se tornado um facilitador para o ingresso do desconhecido na casa de Cássio e cometido o bárbaro crime. A reportagem também ouviu de pessoas no local que ele havia se dirigido a uma agencia bancária para efetuar um saque de valores que mensalmente é enviado por sua mãe que estava junto  no último final de semana.  Cássio morava desacompanhado (só) e deixou um filho de 13 anos que mora com avó materna, era uma pessoa bem quiista.  
O corpo da vitima estava com sinais de rigidez cadavérica sinalizando que foi assassinato na noite anterior, ainda relato de pessoas no local para a reportagem que ouviram o som de algumas  pancadas,  mas pensaram que ele estava cortando lenha, o fazia parte do seu hábito quando estava sob o efeito do álcool. Policiais civis da delegacia de Irará junto com policiais do Departamento de Polícia Técnica efetuaram o levantamento cadavérico foi presidido pelo delegado da polícia civil o Dr. Antonio Álvaro  o corpo foi removido para o DPT em Feira de Santana, policiais civis da delegacia de Irará investigar a autoria e motivações deste crime com requinte de crueldade. Uma guarnição da 97ª CIPM/BA permaneceu no local até a chegada da polícia técnica.
Fonte:blog clóvis Gonçalves irara

IRARÁ: DOIS BANDIDOS ASSALTARAM QUATRO PESSOAS, PERDERAM MOTO E CELULAR


Na noite do último domingo, 27 de novembro por volta das 18h25min quatro pessoas foram assaltadas na estrada vicinal que dar acesso para a Fazenda Saco Velho na zona rural de Irará, a localização onde ocorreu ação criminosa é conhecida na baixa do Saco Velho.

De acordo com relato de uma das vítimas que optou por não ser identificado para a reportagem do blog Clóvis Gonçalves de Irará, ela estava trafegando no sentido centro para a zona rural quando foi também enquadrado pelos dois bandidos que estava com os rostos cobertos com máscaras e também estavam armado com arma de fogo. 

Ainda de acordo o relato quando se aproximou do local as outras três vítimas já estavam sendo com as armas direcionadas para as suas cabeças inclusive ele. O casal de evangélico já estava deitado no solo (chão) o mesmo procedimento foi executado pela dupla com as demais vítimas. 

Os bandidos levaram uma motocicleta CG 150 na cor azul placa não informada, outra vitima perdeu para a dupla um aparelho celular, não há informações se do casal de evangélico foi roubado algum pertence, o casal que sofreu várias escoriações foi levado para a emergência do hospital Dr. Deraldo Portela Miranda por um popular que passava após o assalto. O assalto foi registrado na Delegacia Territorial de Irará que investigará o crime. A vitima finalizou o relato para a reportagem que a dupla estava a pé. 
Fonte . blog clóvis Gonçalves irara

Tradutor